MTST invade Bolsa de Valores em protesto contra desemprego e inflação

Manifestantes levaram barracas para acampar na B3, localizada em São Paulo, e cartazes com críticas ao governo de Jair Bolsonaro

Integrantes do MTST invadiram nesta quinta-feira (23) a B3, sede da Bolsa de Valores brasileira, em São Paulo, em protesto, segundo o movimento, contra o desemprego, a inflação e a fome.

Os manifestantes levaram barracas para acampar no local, além de faixas e cartazes com os frases como: “Sua ação financia nossa miséria”, “Tá tudo caro e a culpa é do Bolsonaro”, “Brasil tem 42 novos bilionários enquanto 19 milhões passam fome”, “Tem gente ficando rica com a nossa fome”.

O MTST disse que o local do ato foi escolhido porque as ações das grandes empresas registraram alta em 2021, especialmente devido ao crescimento de 1,2% no PIB no primeiro trimestre, mas a expansão foi desigual e não beneficiou os mais pobres. Em meio à crise política e econômica no país, a bolsa está no vermelho. No ano, houve queda de 5%.

Procurada, B3 informou que a manifestação ocorreu de maneira pacífica e não afeta as operações da Bolsa.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *