SINDEDUCAÇÃO chama prefeito de São Luís para um ‘Café da Manhã’

O Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís, SINDEDUCAÇÃO, realizou hoje, 24, um Café da Manhã em frente à sede da prefeitura da capital. O ato, que paralisou a categoria, tem como objetivo sensibilizar o prefeito Eduardo Braide a senta à mesa e tratar da pauta de reivindicações dos direitos dos professores.

Entre as reivindicações, destaca-se o reajuste salarial que não ocorre há 5 anos; o pagamento pelo direito estatutário que está atrasado desde 2011; a volta das atividades presenciais com segurança sanitárias e as perdas salarias de 32,15%.

Por várias vezes, o sindicato já buscou estabelecer um encontro com o prefeito Eduardo Braide, que desde que assumiu, há 11 meses, se esquiva para não dialogar sobre direitos da categoria.

O Sindeducação também reivindica transparência por parte da prefeitura que, até agora, não apresentou o cronograma das reformas nas escolas. A categoria também que saber quais são os recursos da educação disponibilizados para 2022.

Enquanto o prefeito não dialoga com os professores, mais de 90% das escolas municipais ainda não estão funcionando por falta de infraestrutura e a maioria dos alunos estão sem educação escolar.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *